quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Milhas.

Acho que me dou bem com distâncias. Eu nunca acreditei que seria possível, e sempre duvidava de quem sobrevivia aos quilômetros infinitos de separação. Mas então passei no teste, e adivinha só, eu sou mesmo uma pessoa sem opinião, só pode ser.

Por mais longe que Londres possa ser, eu sinto que está sempre aqui. Eu ainda lembro de anos atrás, e sempre que chove, eu acompanho o ritmo da água pingando no chão, como se estivesse ao meu lado. Não posso evitar, e você sabe disso. Não sabe?

Nunca foi oficial, nunca foi assumido, nunca durou mais que um mês - o máximo de tempo que você passa aqui, agora. Porém, eu guardo, e você também. Porque quando eu visto a camiseta surrada de banda e vou te encontrar, naquele aeroporto que mal cabe os nossos sonhos, tudo parece igual como se você nunca tivesse ido.

50 comentários:

Flá. disse...

Realmente o aeroporto de Vitória é minúsculo. Mas acho que seus sonhos superariam até aeroportos maiores :)

Distância tem sido uma palavra corriqueira para meus amigos e familiares..e olha que tem dado muito certo!

Também pode dar para vcs!
bjos!!

Nina Fernandes disse...

Distancia é relativo...
Não importa a distancia...
O amor, une!

Maah disse...

que liindo *-*
pois é, nada que possa separar o amor...
beeijo

Gabi disse...

nos definimos isso como se fosse amor...seja ele de qualquer jeito ou de amigos, irmãos parceiros.... quando a distancia gera saudade e do nada parece que não aconteceu.... beijos

Isabela Lennon disse...

distâncias não são nada perto de sentimentos.







:)

Fernanda Alves disse...

distancia...
acho que nem todos os aeroportos
seriam maiores que os nossos sonhos...
adorei o texto.

Marcel disse...

Tão romântica, a Darshany...
Distância pode ser muito dolorosa, mas sem dúvida é muito inspiradora também.

bia de barros disse...

"É que os deuses sobre os quais a vossa união se funda riem-se das paredes e dos mares"...
[Saint-Exupéry, in: 'Cidadela']

Eles riem mesmo, e muito...

*;

Talita S. disse...

Desde que seja amor mesmo,não há nada que separe :)

Beijo!

caixadevinis disse...

Longe é um lugar que não existe.

Furmiga disse...

;*

Brunadovinil disse...

As vezes, a distância é legal para nutrir o sentimento.

:]

andre disse...

"Londres (...) está sempre aqui"

Brasileiro com síndrome de europeu é coisa triste.

andre disse...

Brincadeirinha, darshany.
=D


O que é o atlântico perto de um mês?*





*sendo chato como sou, vou dar aqui um pitaco que, e isso é coisa séria, de acordo com a relatividade podemos muito bem encarar o universo como uma coisa chamada espaço-tempo, onde distância e intervalo de tempo são basicamente a mesma coisa, mas a medida do tempo deve ser multiplicada pela velocidade da luz para corrigir unidades. Por aí, pode-se dizer que um mês é aproximadamente sete vezes dez elevado a vinte um (!) vezes maior que a distância entre aqui e Londres. Um neca.
=]

Moni disse...

a distancia tbm me persegue, vira e mexe uma despedida cruza meu caminho, pra ser sincera não to por conta mais não, ngm merece sofrer! beijos

Shelha disse...

Ai, ai Darsh, assim eu vou chorar!
Muito lindo minha filha.
E Londres é sem dúvida nenhuma chuvosa pra caramba.

*Ah tah, tua sugestã é Juno (não vou prometer que vai ficar bom, eu não entend direitoo filme).

ps: o sorriso de mona lisa é muito previsivel - eca!

Miguel Barroso disse...

Gostei do que li.


Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

Nina disse...

Seja lá o significado...que triste.
Eu sou contra distância, costuma doer um pocado...e casualmente, Londres já me levou um alguns litros de lágrima.
Gostei do blog.
Abraço.

Aline Dias disse...

londres é assim, bem longe.

J. F.r.a.n.c.o! disse...

"A distância pode separar dois corpos, porém jamais separará dois corações."

Sei como é isso, vivi na pele! =)

BeijOs!

Lari Bernardi disse...

*-*

Cristina Santos disse...

Que post lindo! mas a distância nao eh nada legal! pra falar a verdade eu a odeio com todas as minhas forças!

Yaas disse...

Não existe distâncias que não possamos suportar quando trazemos a pessoa amada no coração.
tbm queria ser uma vampira D:
deve ser legal pakas.
beijos :*

Bonie disse...

Lindo, lindo.

Quero conhecer Londres, by the way =)
E linkei vc no meu blog :)

Bjooos

Brasil. disse...

Eu tava aqui agora vendo coisas sobre Londres (sou apaixonada por lá) e li no texto "Londres". Ai fiquei "ua-al". Enfim.. Sonhar sonhar sonhar, é a unica coisa que eu sei fazer na vida. *-*

Raphael Perov disse...

hahahaha
curiosa vc ein!
hehe

Milhas...sobre quem estás a falar mesmo?

Cαгolinα disse...

eu sei bem o que é um relacionamento a distancia.. namorei 3 anos com um cara que morava em Eunápolis. so quem vive sabe como pode ser intenso, mesmo na distancia, um.

Londres.. *.*
um dia eu chego lá.

Lєтіcіα' disse...

'Porque quando eu visto a camiseta surrada de banda e vou te encontrar, naquele aeroporto que mal cabe os nossos sonhos, tudo parece igual como se você nunca tivesse ido. '
Ahh que lindo :)
Se o que estiver ai dentro <3 for realmente real, o que a distância pode impedir ? nadinha ;)

Beijão !

Késia disse...

Nossa, lindo o que você disse, cabe em minha vida hoje.
A distância não é bom, A saudade parece que as vezes vai nos suforcar, conto nos dedos o dia em que: eu vou vistir a camiseta surrada de banda e vou te encontrar, naquele aeroporto que mal cabe os nossos sonhos, tudo parece igual como se você nunca tivesse ido. '

:$

beijos. lindo e boa sorte

meus instantes e momentos disse...

ótimo teu blog, foi bom vir aqui.
Tenha um feliz final de semana,..
Maurizio

Varda disse...

Ount..distância é uma coisa tão ESTRANHA
x]

;*

Raphael Perov disse...

Darsh, pirigosa! Olha eu aqui de novo...

É o seguinte: recebi um meme e devo passa-lo a mais 6 blogs. Bom, o seu foi um dos meus escolhidos. Espero que você goste!

É só passar lá no meu blog e pegar o seu "prêmio" (se você quiser, claro).

Beijo!

Thiara Pagani disse...

É engraçada essa sensação.
Existem pessoas que eu não vejo a bastante tempo! Mas parecem amis próximas e reais que pessoas que eu vejotodo dia.

Diego Martins disse...

Londres só é longe, pra que morre de saudades, de quem deixou pela terrinha verde-amerela... (fato veridico!)

hahaha Ahh para não é mela-mela ShanyPonto, foi um dengoo! Aff, cade o seu romantismo? hahahaha

beijãO! ;)

Niseloka disse...

vc já tá lendo eclipse? eu não vejo a hora do meu chegar deve tá chegando essa semana.Eu já li crepúsculo e Lua Nova.

Karol Gonçalves disse...

"Porque quando eu visto a camiseta surrada de banda e vou te encontrar"

Porque a beleza da vida está mesmo nesses momentos e viva a ponte aérea!

bj
bj

disse...

adorei o texto, e eu não me dou bem com a distância :/ te adicionei no meu fotolog! :D

Cristina Santos disse...

Ei Darshany, tem uma indicação minha pro seu blog! passa lá no meu e pega.
bjao

Paz... disse...

eu acho q a distancia faz bem... saudade faz bem... e etc.

Moni disse...

oi darsh... omonik veio de munique mesmo.. heheh ainda bem .. vão combinar, chamar suécia? ngm chama isso kkkk beijos

Luana Dalla disse...

A distância é chata
prontofalei =X

Linda_Rê disse...

Ai que lindo...
Fiquei triste pela distância mas senti a força nos reencontros...
;)

Anônimo disse...

Darsh:

Gosto do seu humor dark que vi por aí. Assim, pergunto:
posso colocar alguma coisa minha no seu blog?

Claro:
anônimo só pode assinar como
Anônimo.

darsh. disse...

Olá Anônimo,
não sei se tenho humor dark, aliás, nem sei se tenho algum humor. Sei que sou egoísta, e prefiro que meu blog contenha apenas textos de minha autoria.
Faça um blog para você e coloque um pseudônimo :)

Anônimo disse...

Darsh:
Claro que você tem senso de humor -ao menos pelo que vi (li) em outro lugar que não o seu Blog!
Quanto a eu ter o meu Blog, por uma série de fatores, isto (que é uma boa idéia) pode levar um tempo. Permita, então, explicitemente, que eu participe do seu, de "carona", até mesmo com o meu nome de verdade. Que tal? (Se disser não, entendo e desapareço, para não ser um chato.)

Anôn.

Anônimo disse...

Darsh:

Esclarecimento:

Quanto a textos meus postados no Blog da D., refiro-me - é claro - a colocá-los AQUI, neste setor de COMENTÁRIOS, não de qualquer outro espaço do SEU Blog.

Anôn.

darsh. disse...

Anôn:
é tão rápido fazer um blog! mas se quer usar meus comentários, fique à vontade.

beijos

ps.: porque ser anônimo? achei que só pessoas que gostam de difamar os outros usassem anônimo :P

Anônimo disse...

Não, Darsh, não quero difamar ninguém.
... E agora estou na ressaca...

Abraço eletrônico,

Anônimo

Anônimo disse...

De novo um texto seu bem escrito, mas, Darsh, uma coisa não entendi: o que é "camiseta surrada de banda"?

L.

Ah, por favor, não tome os elogios lingüísticos como cantada... É óbvio que você escreve bem - e até já deve ter ouvido coisa parecida no seu curso.

Røney disse...

Parabéns pelo texto, Darshany. Muito bem escrito.. Gosto do teu estilo de escrita. Muito bom.
Beijo.