sábado, 24 de janeiro de 2009

1 coisa que descobri sobre eu (mim?) mesma HOJE.

Eu tenho sérios problemas de memória.

Campeã de esquecimento: sombrinha. Em qualquer lugar.

30 comentários:

Fernanda disse...

antes acontecia isso comigo esquecia tudo,
de nome de pessoas a objetos...
me apelidaram até de Dolly aquela peixinha do procurando Nemo.

Talita S. disse...

Aaah não.Aposto que eu sou campeã. :) ahaha

Maah disse...

uashsauash, dependendo do que eu esqueço tudo também u.u
USAHASUSAH
beeijo

Pri disse...

Eu tambem nao tenho a Melhor Memoria do Mundo

kk


Bjs

katy disse...

oi darsh, eu também esqueço sombrinhas, principelmente no ônibus!!!! acho que a maioria das pessoas é assim!!! rss estou divulgando um blog que tenho com uns amigos, em que a gente discute um livro por mês. esse mês estamos debatendo "memórias do subsolo" de dostoiévski. dá uma passada lá e deixe sua opinião ok?!!! bjs http://linumlivro.blogspot.com

Tatiana Maisan disse...

Aposto que eu barro você!
AEUIOAEUIOAEUIOA.
Mais uma vez, li e me vi :DDD
beijos;*

Sophie disse...

Noooossa, perdi a conta de quantas sombrinhas perdi e quantas coisas esqueci!
Sou muito, muito esquecida ¬¬
massa o blog ;D
=*

Anônimo disse...

Darsh:

Se os seus comentários não são puramente ficcionais (brincadeiras etc.), talvez eu possa lhe dar alguns toques. (Se são apenas ficção, você nem precisa ler o resto desta mensagem.)

Suponho que "sombrinha" seja aqui aquele objeto feminino para proteger uma mulher do sol. (Parece piada, mas vocês, blogueiros (as), têm uma linguagem própria, que um "leigo" como eu demora a entender.)

Continuando:

você esquece a sombrinha em qualquer lugar; Nietzsche esquecia o guarda-chuva na casa de Richard Wagner. "O que uma coisa tem a ver com a outra? Há pé e cabeça aí, Anônimo?"

Guarda-chuvas são masculinos; sombrinha (desde o diminutivo) é feminino. Muito provavelmente, Nietzsche esquecia o guarda-chuva na casa de Wagner não por causa do músico, mas porque N. era apaixonado pela esposa do músico, ou seja, o guarda-chuva esquecido era uma mensagem amorosa (inconsciente) a uma mulher.

Também provavelmente, a sombrinha esquecida signifique (ainda de modo inconsciente) uma mensagem feminina sua (a qual não desconheço) endereçada ao mundo.

Se tudo o que acabei de dizer não é palavrório tolo e pretensioso, resta a você descobrir que recado o seu esquecimento envia por aí.

Abraço sincero.

Anônimo disse...

Perdão, D.

Errata do Anônimo:

O trecho "(a qual não desconheço)" foi ato falho meu.
O que eu pretendia escrever era "(a qual não conheço)"...
Viu? Também o meu inconsciente me prega peças. Fazer o quê?

Abraço.

Anônimo disse...

Ah, já que você (nos) perguntou:

Pela Norma Culta o correto é "sobre mim mesma", não "sobre eu mesma".

Mas, às vezes (nem sempre), é bom deixar a Norma Culta de lado e olhar para a Vera Safada.

Nina Fernandes disse...

Ai, temtambem esqueco tudo...
Em todo lugar...
Objetos, recados, deveres, palavras, tudo...
Odeio isso.. =(

Késia disse...

Estou fazendo algo que no caso é repetitivo e derrepente, penso: Como se faz isso??.. rsrs

Dá uma vergonha, mas pergunto ao amigo ao lado.. ¬¬'

Acho que todo mundo esquece de alguma coisa sempre.

beijos

.nathália disse...

Isso também acontece comigo! Ah, lindo blog :*

Tatiana Maisan disse...

Não, não! O que a Liza quer é encontrar um NOVO amor! Entende?
Foi isso que ela quis dizer lá no diário! Ela quer se apaixonar!

beijooooooooooooooos;*

andre disse...

Eu nunca lembro a minha idade.

Varda disse...

Eu também tenho a memória meio fraca!!
x]

Felipe Lucchesi disse...

Olá ! Gostei daqui ! Topa trocarmos links?

L. Malloy disse...

Acompanha o meu blog, por favor.

L.

disse...

Eu sempre esqueço as coisas também, eu só sou boa para lembrar de coisas que aconteceram comigo! haha

Sofia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sofia disse...

Nossa, que estranho... parece que estou lendo sobre mim, e quanto a mudanças de humor, deve ser algo normal. Bom, na verdade só estou passando para dar meus parabéns ao blog, muito bom!

Cαгolinα disse...

ahaha bem-vinda ao clube oficial das esquecedoras de sombrinhas por ai. ja nem uso mais por causa disso!!

bjo Darsh!

Aline Dias disse...

Eu tenho boa memória. há há.

Pri disse...

tem um selinho pra voce la no meu blog.

bjs

Flá. disse...

eu não esqueço não..eu perco de vez. mas uma vez esqueci minha recém-comprada sombrinha de bolinhas brancas e pretas de fundo transparente na ufes, num sexta-feira chuvosa. Foi frustrante ter que voltar todo caminho com aquele cansaço típico de ufes nas costas. inesquecível.

:*

Lívia Vasconcelos disse...

hahahahahaha
Cara, eu sou você.
;*

Diego Martins disse...

Shanyponto!

Eu tenho a cabeça tão grande e com um espaço de armazenamento de memória tãããão pequeno.rs

se eu não escrever na mÃo, estou lascado! pq ai esqueço mesmo..rsrsrs

R.Vinicius disse...

Minha memória também é horrível. =)

Abraço, saudade de lê-la,

R.Vinicius

Rafaela Brustolin disse...

bate aqui, somos duas o/

vanessa lopes disse...

meninaaaa
eu odeio sombrinhass, nem uso!!
pq é ato que vou esquecer em toodos os lugaress...
eu acho que existe um país encantado para as sombrinhas e guarda chuvas, canetas bic, e essas coisinhas que a gente vive esquecendo.