quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Vento que passou.

Eu fico por aí, andando sem um rumo, porque eu não sei exatamente o que minhas pernas querem de mim. Sentindo esse cheiro de fim de carnaval, odor de álcool no ar que enchem meus pulmões me embriagando. Eu tropeço algumas vezes, mas já estou acostumada. Só não me deixo cair mais.

Venho procurando em muitos rostos e corpos você, o que é um erro. Eu não devia projetar o passado por inteiro no que pode ser o meu futuro. Mas caio sempre na armadilha que eu mesma armei. Tento disfarçar e fingir que não lembro através de sarcasmo, mas não adianta. A ironia não me pertence.

28 comentários:

Yaas disse...

É sempre um erro procura-lo nos rostos que passam por nós, mais é um erro com o qual nunca aprendermos.
beeijos :*

Aline Dias disse...

Darling, eu disse ontem: pode pertencer.
Tudo pode.

=D

NiNah disse...

Moça tem selo pra vc, tá?
Bjo

Talita S. disse...

Me encontro assim :T

Camila M. Schuch disse...

Não me prendo ao passado, mas o futuro toma meus pensamentos de vez em quando...


Só que acho que tudo são fases, e essas, sempre passam!


Beeijos

Ricardo Aiolfi disse...

você tenta buscar no futuro um pedaço do seu passado?

Má. disse...

Ahh Darsh..
que texto incrível...
de verdade, a dor pode ser grande, mas os frutos tão lindos. (Pelo menos isso a gente pode tirar de bom dessas situações).
Não adianta fingir, não adianta negar, nem esperar. Na verdade eu não sei o que resolve, mas garanto que já tentei muita coisa pra esquecer. E esqueci assim, de repente. ;x

;**

J. Sodré disse...

Muito bonito o texto!Há muito tempo também fiz essa busca...

Gostei de seu blog. Depois dá uma passadinhano meu!

Beijos

bia de barros disse...

De repente ela descobre no sapo o príncipe dos seus sonhos, porque quem ela achava ser príncipe na vida real, era mesmo um belo sapo.
;D

bjO*;

disse...

Amei, amei mesmo!

Bibs ° disse...

Muito bonito o texto, é um erro que todas nos acabamos cometendo um dia.
Aos poucos vamos aprendendo.

Bjos, parabens pelo blog!

Varda disse...

Procurar só faz vc sofrer mais!

Késia Moura disse...

Ah, só vim aqui pra lhe falar duas coisas
- Eu acabei de ler o Travessuras da Menina Má, mas emprestei, assim que acabarem se ainda quiser te empresto, moramos na mesma cidade, te mando por correio.
- Eu peguei emprestado sua descrição no orkut, tá tudo a ver com o que estou vivendo, desculpa, se achar ruim, eu apago :(

Beijos :*

meus instantes e momentos disse...

ótimo texto, parabens , Gosto do teu modo inteligente de escrever. Gosto daqui.
Tenha um feliz final de semana.
Maurizio

RodrigO [OsBunitãO] disse...

Que postagem maravilhosa!
Acho muito legal quando conseguem expressar tão bem os nossos sentimentos, de forma simples e que nos prende até a ultima linha...
Parabens
bjO

caixadevinis disse...

Eu disse. Só o cheiro do álcool te faz mal.

Flá. disse...

Tinha tempo que eu não vinha aqui..mas li os três últimos posts que não tinha lido antes. :)

Olha, acabaram as férias praticamente, e a gente nem se encontrou né. Parece a mesma ladainha da minha vida, de manter quase tudo à distância, mas realmente não acho que será assim. Sendo obra do acaso ou da oportunidade, ainda pegaremos um cineminha :D

bjooo shane :*

Nayara .NY disse...

O passado faz de nós
o que ser, o que somos...
E o que seremos depende
de como pretendemos esquecer,
não esquecer ou refazer o passado,
mesmo que este já não exista mais,
mas existe em nós, do lado de dentro, e infesta nossas vidas com suas alusões e poentes...

Bjosss
Que tudo seja mais que uma ironia!

katy disse...

como eu aprendo a não cair mais?!!! bjs

Bella disse...

E todo mundo sempre diz que isso é um erro. E a gente sabe que é um erro. e ainda assim procuramos por eles nos outros, vemos o passado projetado no futuro... É um erro qeu sempre repetimos...rs

Késia Moura disse...

Eu fico por aí, andando sem um rumo, porque eu não sei exatamente o que minhas pernas querem de mim.

Texto linda,acho que estou voltando pro blog.

Beijos :*

Flá. disse...

é, por esse 'boiar' qdo tocava forró nas festinhas que eu resolvi aprender esse ano :) é mto legal..e olha que eu sempre me achei a pessoa mais dura do planeta, nao me dou bem com nenhuma dança, acredite. mas o forró é diferente... haha


enroladíssimas, sim. auhaua quarta? nao posso confirmar. a principio, reservei esse dia para ir lá em sao pedro, numa entidade social (tou querendo dar aula lá esse semestre)! mas talvez eu vá outro dia, aí te aviso. essa semana está livre todos os dias?

:*
ps.: hj lembrei de vc novamente. mas foi por outra pessoa: vi aline dias na revista AG! super legal.

Felipe Lucchesi disse...

Cair na armadilha que nós mesmos armamos,acho que é a pior armadilha,porque sabemos como foi armada e depende apenas da gente,para saber sair.

Rafa disse...

adorei o texto, sei lá, nunca consegui me prender a alguém, então não sei como é
beijooos

andre disse...

A ironia também não me pertence.

andre disse...

Agora, sem ironia, quanto às suas resoluções de ano novo ligeiramente atrasadas, apesar de o ano só começar mesmo agora que acabou o carnaval, é bem verdade, tenho algumas críticas.

Primeiro que se você tem que fazer promessa de dormir mais cedo é porque vive ocupada, e logo tem pouco tempo de folga e logo nesse tempo de folga merece fazer o que quiser, inclusive ficar sentada no sofá comendo besteira e vendo televisão.

Segundo que tudo bem comer mais frutas e fazer exercício, eu devia fazer o mesmo, minhas artérias agradecem, mas pra que diabo você quer perder seis quilos, darshany?

Moni disse...

é pq simplesmente não podemos mandar no coração da gente e ele insiste em ser burro as vezes! beijoss

Felipe Lucchesi disse...

Pô,quero comentar no post de cima,mas nem aparece para comentar.Veja aííí o que se passa ! risos