domingo, 31 de agosto de 2008

I look around at a beautiful life..


Andava tranqüilo pelas ruas, entre as pessoas. A calçada mal tinha espaço para suas finas pernas, mas ele caminhava em ritmo acelerado, apesar de calmo. Sem expectativas, mas vivendo intensamente. Ele podia ensinar como viver assim...

Sempre com aquele semblante tranqüilizador, com um sorriso esboçado e sincero. A multidão em sua volta podia sentir a energia positiva transbordar. Calma, minha gente, porque no fim tudo dá certo... Oh, como isso é clichê, mas em sua voz soava tão doce e verdadeiro. Doce e verdadeiro. Definem muito bem.

Continua em sua caminhada, não importa se os carros resolverem não parar, e se desligarem os faróis. Nada o vai fazer parar, e ele nunca vai perder o rumo e o caminho. A chuva pode cair, e o sol derreter as solas de borracha da sua sandália, sempre em frente vai seguir, sempre sorrindo, e de quebra te dando a mão. Você vai sentir vontade de chorar, então ele vai dar uma paradinha e te enxugar as lágrimas. E você vai sorrir.

Vai ser assim, não importa o que aconteça. As letras, as palavras, os poemas, os desenhos.
Se eu irradio luz, você irradia amor.

24 comentários:

Talita disse...

Essa luz e esse amor fazem falta em algumas pessoas...

;*

Lari Bernardi disse...

*-*

Que lindooo!!!!


;*

mOnI disse...

perseverar sempre! beijos

LindaRê disse...

Lindo texto...
É do mocinho?

Bjs~!

Camila Colossi disse...

legaal esse textoo
uhuhll *--*


;*

Flá. disse...

óóó, isso me pareceu uma cantada hein :PP uahuahua eu e minha 'bobice'

enfim, dona darshany, quem vc descreveu tem razão: temos q ter calma q no fim dá tudo certo. tb é meu lema haha

bjão! ;*

andre disse...

É, dessa vez foi sacanagem, darshany. Uma hora aqui tentando pensar em alguma coisa pra escrever, e só consigo pensar em "obrigado", várias e várias vezes.

E pois é, eu não sei bem quanto à minha parte não, mas você irradia luz, sim. E ninguém precisa de farol de carro ou de calor de sol, quando se tem uma darshany pra iluminar a vida.

Quem vai sorrir sou eu, toda vez que eu lembrar disso.
=]

Obrigado. Várias vezes.

darsh. disse...

ounnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnn

Dani Antunes disse...

Sim, dona Darsh, assista. Só detestamos o filme pelo enredo que, sinceramente, não gostamos.
Mas é um SHOW de interpretação que vale a pena sim.

Mesmo que seja pra morrer de raiva no final! ^^

Beijocas

Liquificadorizando disse...

Perseverança eis meu codnome.

Beijos

Parabéns pelo blog!

Alexandra Periard
(Atriz e Escritora)

Sunflower disse...

que lindo!

Diego Martins disse...

=)

e viva essa luz que se irradia, que ela possa iluminar vários dias! ^^

bejO, dona sumida..rs

Milady disse...

owun, que lindo isso :')
ele dava esperenças.

amei. muito mesmo, é uma coisa para pensarmos...

beijinhos cherry ;*

darsh. disse...

uns entendem, outros não.
que engraçado..

andre disse...

Minha vive dizendo isso pelos cantos, também. Que eu dava esperança. Depois fica resmungando "e olha agora... ssa... sgraça..."

Diego Martins disse...

hahaha

Stereophonics é paixonite aguda, Shanyponto!..rsrs mas será o meu proximo post! O que acha?! =)

bejO!!! e saudadações a protagoras! ahahhahaha


=)

Nina Fernandes disse...

Muito lindo... *.*

Mariana Anselmo disse...

nada, baby!
so easy! acredite. todo dia eu leio a litlle bit!

=]

bia de barros disse...

André é isso aí msm, rapaz, tem que ver pra crer.

obs: faço minhas tuas últimas sete palavras, darsh. e sou eu quem te agradece pela lembrança de um domingo que alegrei x)

miss u *:

"O Autor", disse...

Se eu irradio luz, você irradia amor!

.

Deus, que belo!

;) disse...

Liiiindo texto!!!!
O amor é seempre a melhor gratificação!!

;***

Rafael Abreu: disse...

Quem será?
Tanto a pessoa quanto o texto são inconfundíveis!
Viu que o endereço do meu blog mudou, né?
Muda lá nas recomendações!
^^

Dani Antunes disse...

Darsh, querida, viu que tem selos pra vc lá no meu blog? :)

Beijo e bom fds pra vc

L.S. Reis disse...

é EXATAMENTE isso! :)

Harry e Darshany, como eu amo vocês