domingo, 13 de abril de 2008

I don't wanna miss a thing.

Porque ler sobre o passado é muito engraçado, e eu tenho a mania de abrir arquivos de texto que deveriam ser deletados.

Aerosmith logo cedo. Passo o lápis nos olhos. Uma xícara de café bem quente.
Procuro minhas chaves. Uma corrida até o ponto de ônibus, não posso chegar atrasada.
Duas aulas que me fazem rir, uma que me faz dormir. Recreio. Cólica. Mais duas aulas insuportáveis. Um poema sem versos.
Solidão.
Imaturidade da parte de alguns imbecis.
Português, salvou meu dia.
Ônibus que pára no ponto errado = caminhada até minha casa.
Cólica. Dor. Fármacia. Remédio. Bife acebolado.
Dormir a tarde inteira. Campainha toca.
Vim entregar esse cartão pra você. Porquê não interfonou antes? A portaria estava aberta. Ah tá.
Você fica linda até com o lápis borrado. Eu estava dormindo. Desculpa. Tá. Então lê o cartão aí. Depois, tenho que ir estudar. Tá. Tchau. Tchau.
Choro secretamente. Leio o cartão.
You're beautiful, you're beautiful, is true.
Quando você começou a namorar eu já gostava de você, e agora, dois anos depois, você está solteira de novo. Mas eu desisti, porquê meu sentimento fez você se afastar de mim, e a maneira como agi fez você sentir raiva. Me perdoa por não entender. Só me deixa ser seu amigo novamente, eu prometo não tentar mais.
Mais algumas lágrimas. Perdôo em pensamento.
Duas xícaras de café, apostila, química 1, calculadora, lapiseira, borracha. Desânimo.
Mais cólica, mais remédio.
Um banho. Lavo os cabelos. Cachinhos. Poses no espelho.
Clipes na televisão. Jornal. Pensamentos. Pensamentos. Pensamentos.
Quase meia noite. Internet.
Um leve sorriso.

Escrito em Junho/2006, quando eu joguei minha vida social no lixo, ainda tinha o cabelo grande e cacheado, e só tinha uma certeza: 2007 seria melhor.

18 comentários:

darsh. disse...

Leiam também www.msbatataquente.blogspot.com

Post-estréia de Flora V. por lá!
;)

Lívia Vasconcelos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lívia Vasconcelos disse...

Aiiii...seus textos me dão vontade se ser vc....sério mesmo!
Eu queria tanto escrever assim como tu...esse jeito simples e engraçadoe apaixonante de simplesmente ser vc. Se eu foralgum dia tentar escrever assim (Não que já não tenha tentado) eu acho que seria uma droga....pq a minha vida além de novela mexicana mais parece o livrp dps de´ressivos....e vida asim é bem chata. As tuas coisas me fazem lembrar de quem eu queria ser quando eu tinha 12 anos...vc me causa o mesmo efeito que minha irmãme causava quando eu era beeem pivetinha...ashuduiashduias
Sério...os teus textos são quem eu queria ser...parece menina de novela...num sei explicar!
hauhduias
Muito foda,meuuu! (Tá, eu nunca falo isso, meu sotaque é bem maceioensee cheio de bordões bem particulares)- (Isso é tosto(igual meu coração),mas enfim...).
Hj eu tive uma crise...mas uma crise MESMO...CRISE MASTER.
Tarde de sono. Lasanha( coisa de sábado).Internet. Fotolog. Recado. Msn. Telefone. -Ei,é o lucas, a gente vai hj pra casa do pew,comemorar o aniversário do André,vc vai? -Vou sim!. MEDO. DESESPERO. EXTREMIDADE DOS DEDOS DORMENTES. UM CACHORRO COMENDO SEU ESTÔMAGO POR DENTRO. VONTADE DE FAZER XIXI. cai a noite, meus pais vão fazer umas compras básicas de casa e eu vou tbm pq além das compras básicas,fomos no hiper comprar minha máquina ( farei curso de fotografia[Apaixono-me cada dia mais com isso]). Depois de comprara máquina, minha mãe sugere comer pizza...Eu simplesmente não moro mais em mim nesse momento...Ujm misto de pressa e afastamento. eu quero ir,mas eu não quero. Como sóuma fatia,pq meu estômago praticamente salta pela minha boca.Enfim...eu falo com os pés. Muito medo que ele estivesse lá. Talvez seja melhor de uma vez portodas que ele seja só alguém que eu não posso ver nunca mais. Talvez eu realmente precise exorcisarmeu corpo dele. CORPO, ALMA,CORAÇÃO.
Eu não moro mais em mim.

P.S:Minha tecla de dar espaçotá om defeito e funciona quando quer...perdoe aspalavras juntas ;D

Rafael Dias disse...

Eu consegui imaginar você[mesmo nao a conhecendo] direitinho nesse texto. Conseguiu transmitir bem!

Nice ;D

dani santino disse...

A gente sempre acredita que o dia de amanha vai ser melhor e que o proximo ano vai ser melhor e que sempre sera melhor.
O bom de tudo isso e que quando as coisas nao dao completamente bem a gente acaba acreditando que no fim sempre deu bem.
O negocio e nao desistir e sempre buscar melhor.
Adorei o Post.
E espero que tenha perdoado nao somente em pensamento mais na real.
Beijos mil

Dam Mikháilovicht disse...

Praticamente um ammargedon pessoal.

Flá. disse...

vida social no lixo só podia ser ano de pré-vestibular, né? o mesmo aconteceu comigo - foi um ano tão ruim que juro que às vezes nem lembro dele.

Pode ser um texto antigo qto for, continua mto bem escrito :]

bjão shane ;*

Paula disse...

garota do casaco verde.
esse nome me atraiu até aqui.

:D

.linny disse...

que lindo flor, eu vivo a cada linha aqui...

parece comigo, rs

engraçado neh?

bju

andre disse...

O passado pode ser muito ruim, mesmo. Química, por exemplo, é um porre...

Loh_rayne disse...

nossa;
perfeito aqui !

beijos :*

Renata disse...

Eu sempre releio o passado... e sempre me pergundo: eu era assim mesmo?
Adorei o post.
Bjs

Booperfly disse...

Oi...
Adorei teu blog, não conhecia...
2007 foi um ano melhor?
Bjos,
Paulinha
http://www.booperfly.fairy-tales.com.br

Fiore disse...

adorei o texto soh pra variar ne shany!

postei no meu enfim!
novidades boas!
=*

bia de barros disse...

dia cheio, hein?
mas aposto que a noite foi ainda mais longa...
[pensamentos alongam tout en la vie]
um conselho:
*sai da janela, se quer sonhar: vem pra cama* [djavan]
uma lembrança: msn esse fds! *-*
enfim, já vou-me.
saudades infinitas...
*=

Mariana Anselmo disse...

isso é engraçado. a gente escreve... põe a alma no que escreveu. depois de muito tempo, volta e lê tudo. e o tempo volta atrás e você consegue se sentir como naquele mesmo dia. é tudo igual, a roupa, o lugar, as pessoas, os sentimentos... só que a visão muda; o entendimento, a experiência... e você vê que apesar de ser a mesma, você mudou. e vê que valeu a pena. que chorando ou rindo, cresceu. e eis o grande sentido da existência!

Úi! filosofei! rs

beeeeeeeeeeijo gata!
amo vc!

Abreu disse...

Inveja: meus textos antigos e imaturos não eram tão bons ou maduros assim. Só me servem de vergonha.

Izaias F Buson disse...

Adorei shani =D